Fechar

www.vejaagorabrasil.org

Buscar

PAÍS

Grupos de desconto e promoções nas redes sociais compartilham pechinchas com até 80% de economia

JULY Reportar Abuso
Grupos de desconto e promoções nas redes sociais compartilham pechinchas com até 80% de economia

Bater perna atrás de promoções imperdíveis nos tradicionais bairros comerciais perde totalmente o sentido frente às opções de descontos e pechinchas disponíveis no comércio eletrônico. O grande problema é conseguir encontrar o produto desejado por um preço camarada.

Foi pensando numa solução para este problema que o autonomo Leandro Rego, de 24 anos, criou com o amigo Adam Reis um grupo na rede social Orkut, em 2007, sobre promoções e descontos nas lojas virtuais.

— Comecei divulgando os cumpons de desconto da livraria Saraiva entre os amigos. Alguns anos depois, migramos para o Facebook e foco passou a ser o filtro, em tempo real, das promoções mais interessantes dos grandes varejistas.

O grupo "Pechincharia - Cupons, Promoções e Descontos" tem mais de 46 mil membros que recebem as dicas por notificações. Os membros também podem compartilhar as ofertas com parentes e amigos. "Com a crise econômica, as pessoas, de um modo geral, perderam 40% do poder de compra e isso faz aumentar a procura por promoções e descontos", avalia Rêgo.

Entre as promoções que mais fizeram sucesso entre os participantes nos últimos meses, os destaques foram a pipoqueira elétrica que custava R$ 99 e caiu para R$ 29, "500 membros compararam", disse. O modelo de celular Moto G que estava custando R$ 899,90 apareceu numa promoção relâmpago por R$ 499,90 e 200 membros do grupo não perderam a oportunidade.

Outro grupo popular no Facebook por conta das dicas de preços promocionais é o "Promoda", criado no começo de 2014 pelo funcionário público Cláudio Hidalgo Petraglia, de 44 anos. Ele já tem 189 mil membros. Por mês, são cerca de 20 mil novas adesões. O grupo é formado majoritariamente por mulheres e são comuns as dicas de descontos em perfumes e roupas. "Já tivemos calças Levis por R$ 44,91 e perfumes com 50% de desconto", disse Petraglia, que considera o grupo como um hobby.

No Promodas, a divulgação do saldão do Boticário, com descontos de até 70%, recebeu mais de 200 mil cliques. Uma outra promoção que chamou bastante a atenção foi a de tênis da marca Adidas. "Um modelo que custava R$ 400 foi anunciado por R$ 89,90", disse. Neste caso, quem conseguiu aproveitar a promoção do tênis conseguiu uma economia de 81,98%.

— A ideia surgiu devido a crise e a demanda por promoções, quando começamos em 2014 quase não haviam grupos e a aceitação foi grande e continuamos, disse Petraglia.

Em Paraguaçu Paulista, na região de Ourinhos, no interior do estado de São Paulo, o técnico de informática Ronaldo Ivan da Silva vários grupos para compartilhar ofertas, promoções, cupons virtuais de desconto e até vagas de emprego. As redes de conexões administradas por Silva têm mais de 150 mil participantes. "Por dia, recebo uma média de 60 novas solicitações", disse.

Os grupos de descontos conseguem até faturar algum dinheiro com anúncios nas páginas, porém, o principal para conseguir manter um grande número de seguidores são os descontos incríveis.

O garimpo pelas melhores oportunidades também acontece em época de promoção geral. "Na Black Friday, a média é de uma promoção nova a cada dois ou três minutos. Todas elas com preços bem diferenciados", disse Rêgo do grupo "Pechincharia - Cupons, Promoções e Descontos".