Dória confunde Tico Santa Cruz com muro pichado e apaga as tatoos do músico

Dória confunde Tico Santa Cruz com muro pichado e apaga as tatoos do músico

SÃO PAULO – Um mal entendido, ocorrido na madrugada de ontem, ganhou repercussão nas redes sociais, suscitando o questionamento a respeito dos limites da política do prefeito de São Paulo, João

Leia tudo

SÃO PAULO – Um mal entendido, ocorrido na madrugada de ontem, ganhou repercussão nas redes sociais, suscitando o questionamento a respeito dos limites da política do prefeito de São Paulo, João Dória, sobre as pichações.

Ao sair de um uma casa de show, onde havia acabado de se apresentar, o músico Tico Santa Cruz acabou se deparando com uma equipe do prefeito João Dória, que se empenhava em apagar pichações pelos muros cidade a fora.

“EU ESTAVA MEIO DISTRAÍDO, QUANDO O DÓRIA SE APROXIMOU E JÁ FOI JOGANDO UM JATO DE ÁGUA, QUE NORMALMENTE ELE UTILIZA PARA LAVAR PAREDES E TIRAR PICHAÇÕES”, DISSE O MÚSICO. “QUANDO CONSEGUI EXPLICAR QUE EU NÃO ERA UM MURO PICHADO, ELE JÁ HAVIA APAGADO QUASE TODAS MINHAS TATUAGENS”, LAMENTA.

Tico também afirmou que gastou muito dinheiro para fazer suas tatuagens e vai cobrar ressarcimento da prefeitura.

Dória, por sua vez, afirmou que pretende plantar um “muro verde” no lugar das tatuagens do músico.

Posts Relacionados