Fechar

www.vejaagorabrasil.org

Buscar

Após rumores, diretoria do Sport nega acerto do Internacional com goleiro Danilo Fernandes
ESPORTE E JOGOS

Após rumores, diretoria do Sport nega acerto do Internacional com goleiro Danilo Fernandes

APRIL Reportar Abuso

Após menos de um ano como titular, o goleiro Danilo Fernandes pode estar deixando o Sport. De acordo com informações da imprensa gaúcha, o jogador está apalavrado com o Internacional, com direito a uma comitiva do clube gaúcho viajar ao Recife para acertar o distrato do jogador com o clube pernambucano. O valor da multa rescisória de Danilo Fernandes com o Sport seria em torno de 2 milhões de Euros (cerca de R$ 8.4 milhões) e o jogador receberia R$ 180 mil de salários por mês no Colorado, o que seria o dobro do atual vencimento do goleiro. Ao mesmo tempo, o camisa 12 tem uma proposta em mãos de renovação, no valor de R$ 150 mil.

A diretoria do Sport, no entanto, nega qualquer negociação com o Internacional para a saída de Danilo Fernandes. Segundo o vice-presidente Arnaldo Barros, o clube pernambucano não recebeu nenhum depósito pela multa do jogador. Sem querer confirmar valores, o dirigente também garantiu que não abrirá mão do valor integral da multa e não aceitará parcelamento.

"Não estou sabendo de nada disso. O Internacional não pagou nada e não tenho nenhuma agenda marcada com ninguém do Internacional. Sei apenas que eles estão assediando o Danilo. Mas ele só sai do Sport se for pago o valor integral da multa. O Sport não abre mão de um centavo e não aceita parcelar a multa", garantiu.


"O que eu sei é que Danilo está com uma proposta em mãos do Sport para renovar. Mas não tenho pressa. Ele tem contrato conosco até dezembro. Quem tem pressa é o Internacional, que está em busca de um goleiro. Tudo continua como antes no Quartel de Abrantes", finalizou Arnaldo Barros.

Danilo Fernandes fez ao todo 60 jogos pelo Leão e passou a ser titular do clube na terceira rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, após substituir o ídolo Magrão, que machucou o ombro contra o Flamengo, no Maracanã.

Publicidade