Fechar

www.vejaagorabrasil.org

Buscar

POLÍTICA

Após Moraes pedir vistas, STF adia decisão sobre restrição do foro privilegiado

JUNE Reportar Abuso
Após Moraes pedir vistas, STF adia decisão sobre restrição do foro privilegiado

Quinta, 01 de Junho de 2017 - 16:14
Por Redação Bnews



O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, pediu nesta quinta-feira (1) vistas do processo restringi o alcance do foro privilegiado.

Na prática, isso pode tirar de vários políticos o direito de serem investigados e julgados diretamente no Supremo em casos, por exemplo, da Operação Lava Jato.

Com o pedido de Moraes, mesmo que outros ministros decidam antecipar seu voto e se forme uma maioria a favor ou contra a restrição, o julgamento só terminará de fato quando o ministro firmar sua posição. Até lá, os magistrados podem mudar seus votos.

De acordo com a Constituição, deputados, senadores e ministros, entre outros, devem ser julgados pelo STF em processos criminais. Já no caso de governadores, por exemplo, a competência é do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Publicidade